Tarde

Horas e minutos
percorrendo caminhos de fogo,
gente trajada de branco
que de anjos só tem a morte
caras deformadas
sorrisos
gravo cada imagem na mente
acelero o passo
sigo em frente
sem objectivo sem fim
sem conhecimento

mesmo no inferno
que se aproveite cada momento
mesmo negro abraça-se o sentimento
a carne arde
o arrependimento chega tarde
“mais vale tarde que nunca”
diz quem tarde chega
limpamos o chão
com os joelhos
em busca de todos os segundos
que não agarrámos com a mão
os olhos, os lábios
imaginam voltar atrás
mas o que foi não volta a acontecer
o que perdemos não voltamos a ter
continuamos observando o que está
sob nós
não o que foi deixado para trás

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s