Desenraizado

Prisioneiras
as mais belas pessoas
quando conquistaram a
liberdade pela violência
desfilaram pela terra
deixando um rasto de
cheiro a sexo
atiraram palavras-beijo:
insurreição                                                          caos                                                               insegurança

sem a âncora do tempo
espalham o amor pelos céus,
professam a liberdade
assassinando o que se conhece
até sobrar apenas o desconhecido
o incalculável
o imprevisível
o sem-base
obrigando tudo e todos
a cortejar a vida.

reinvenção de nós
projectar edifícios
sem alicerces
iniciar casas pelo tecto
caminhar sobre água
demitir Jesus

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s