Gomorra

Um nado morto à imagem
das ruínas de um deus
de ouro espelhado
espalha o terror,
mercador da carne
degrada a cidade interior,
o mundo exterior
exerce na escola da dor
enfeita máquinas
ideias, construções
moribundas e obsoletas
como torres de cristal e
pinta demónios hipnotizados
como o que julgam belo:
é o reflexo de
futuras eternidades
banhadas em marés de lava
filhos-de-mães-de-fogo.

Na hora da redenção
choram-se vidas de
arrependimento

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s