Estatuária

Constroem-se dias azul-eléctrico

estava farto do teu mundo
queriam todos mostrar
a beleza da vida,
sempre fui apaixonado
por me oferecer ao fogo
correr contra muros
estilhaçar corações de cristal
guerrear contra altos edifícios
sobre os quais se ergueram
planetas,

cimento-me na minha honra
eu, que tudo isto fui
e pioro todos os dias,
não sei das coisas belas
mas apesar de
todo o inglório esforço
que mora pelo mundo
elas encontram maneira
de me descobrir,

eu
que não cultivo,
eu
que não comercializo
características humanas.

Tanto trabalho dá
esculpir uma besta
mas
esse amor parte pedra

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s